Um dos grandes desafios da saúde pública na atualidade é o gerenciamento das filas de espera para consultas e exames, problema crônico da saúde no Brasil, mas que começa a ser vencido pelo Governo de Pedregulho.

Considerando que oferta destes procedimentos está cada vez menores pelo Estado o que inviabiliza atender a todos em tempo oportuno, a Prefeitura realizou um esforço de toda a equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) praticamente zerando as listas de espera para cirurgias como foi zerada a fila de espera para cirurgia de catarata, além das de colicistectomia (inflamação da vesícula biliar e se desenvolve, na maioria dos casos, quando uma pessoa possui cálculos biliares), de hérnia e alguns procedimentos cirúrgicos de Saúde da Mulher e  cirurgia geral.

Quando a atual administração assumiu, em 2016, havia na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), uma lista de pessoas que aguardava consultas e exames desde 2014.

Por determinação do Prefeito Dirceu Polo Filho – Dirceuzinho – a SMS, através da equipe do secretário Daniel Martins, está em andamento o Projeto de Gerenciamento de consultas e exames represados ao longo dos anos de 2014 a 2016.

A ação tem como objetivo principal a qualificação da lista de espera para consultas e/ou exames especializados, notadamente para aqueles que são escassos e estratégicos dentro da Secretaria de Saúde.

Segundo o Secretário, desta forma, com critérios rigorosos e eficientes, foi feita a reorganização dos pedidos de consultas e exames trabalhando de forma que o paciente que mais precise seja atendido de forma mais rápida.

A organização da listagem de espera, igualmente, prevê que aquele que não tem indicação clínica para a realização do exame ou aquele cujo problema possa ser resolvido pelas equipes de atenção primária – saúde da família sejam retirados da fila.

Com a estratégia, a SMS passou a pautar todo o processo por critérios de equidade, transparência e de posicionamento do paciente no melhor local para atendimento.

“Assim, difundiremos o conceito de paciente certo, na hora certa e no local certo”, disse o Secretário Daniel Borges.

O prefeito Dirceuzinho afirmou que ainda há muitos desafios a serem vencidos, reconhecendo que na lista de espera da SMS a prioridade tem sido para casos mais graves que dependem de outras instâncias como o Hospital das Clínicas (HC) Ribeirão Preto ou ressonância magnética, tomografia dentre outros exames necessários.

“Na fase atual estamos investindo em consultas oftalmológicas que estavam praticamente paradas desde 2014. Levaremos de início 400 exames oftálmicos aos munícipes e ação começa nesta sexta-feira, dia 29, num verdadeiro mutirão que foi preparado nas últimas semanas”, disse o secretário.

“A gente eliminando a longa lista de espera que encontramos na Saúde, vamos, como é nossa meta, trabalhar o cotidiano, fazendo tudo no tempo certo, sem sacrifício das pessoas que dependem da rede pública, seja para consulta, seja para exames ou mesmo cirurgias. Não tem complicação: é fazer o que tem que ser feito, sem desculpas, mas com ação efetiva, pois é isso que o cidadão pedregulhense espera e merece”, disse o Prefeito Dirceuzinho.