A elevação de Pedregulho a Município de Interesse Turístico possibilitará o recebimento de desenvolvimento de projetos específicos do segmento turismo. Anualmente, as verbas podem chegar a R$ 600 mil/ano para aplicação específica em turismo. Os recursos poderão ser usados em ações como o desenvolvimento de infraestrutura, apoio a projetos, oferecimento de cursos técnicos, investimentos em obras de urbanização da cidade, reforma de pontos turísticos, construção de praças e pontos de apoio aos turistas.  

Também podem ser investidos estes recursos em eventos voltados para a atração turística até a cidade, entre outros, como a FEAPP – Feira Agropecuária de Pedregulho, na semana em que se comemora o aniversário de fundação do Município.

 As verbas são destinadas após análise dos projetos apresentados pela Prefeitura, junto a um Comitê Gestor da Secretaria de Turismo do Estado, ligado ao Projeto MIT que analisa e destina as verbas solicitadas pelas prefeituras.

No caso de Pedregulho, as ações do atual governo já levaram o Município a elaborar e aprovar seu Plano Diretor de Turismo que estabelece as diretrizes da política do setor na cidade.

A administração municipal, através da Secretaria de Turismo tem atuado no fortalecimento destas ações, promovendo, em parcerias, a capacitação de profissionais para atuarem no setor, como Guias Turísticos que se capacitam através da ETEC Júlio Cardoso, da Fundação Paula Souza, especificamente no Turismo Rural.

FEAPP NO CALENDÁRIO ESTADUAL

Ainda durante a semana de aniversário da cidade, a Deputada Estadual Beth Sahão (PT) apresentou na ALESP – Assembleia Legislativa do Estado de SP, Projeto de Lei que inclui a FEAPP no calendário turístico estadual paulista.

MINISTÉRIO DO TURISMO

Pedregulho, por meio do Programa de Regionalização do turismo, conquistou o Certificado do "Mapa do Turismo Brasileiro – 2019-2021" do Ministério do Turismo do Governo Federal. Segundo o Secretário do Turismo Ronaldo Gaspar, que foi nomeado pelo COMAM – Consórcio de Municípios da Alta Mogiana -, por meio da Câmara Técnica de Turismo, Instância de Governança da Região Lagos do Rio Grande e pela Secretaria do Turismo do Estado como interlocutor responsável por inserir dados de 15 municípios da região, esteve dedicado nessa inclusão junto ao Governo Federal.

A certificação é uma maneira de comprovar que o município está inserido no Mapa, trabalha o Turismo como política de desenvolvimento econômico e geração de empregos e renda.

Uma das vantagens de se obter o documento diz respeito à priorização de investimentos federais destinados ao turismo. A certificação tem duas vantagens: validar a responsabilidade com o turismo no âmbito federal e local e conseguir rapidez no acesso a recursos destinados pelo Ministério do Turismo.

O Mapa do Turismo é um instrumento instituído no âmbito do Programa de Regionalização do Turismo que orienta a atuação do Ministério no desenvolvimento das políticas públicas.

“A grande verdade é que Pedregulho finalmente acordou para o grande potencial que tem para desenvolver este importante segmento econômico que está cada vez mais fortalecido onde são desenvolvidas ações de forma a explorar as belezas e os atrativos de forma sustentável como temos feito em nosso Governo”, comentou o prefeito Dirceuzinho.