O prefeito Dirceu Polo Filho – Dirceuzinho – anunciou o lançamento do Edital do Pregão Presencial (PP) 006/2018, que será destinado à compra e instalação do sistema de Monitoramento Eletrônico por Circuito Fechado de TV na cidade.

O PP será realizado no próximo dia 19 de fevereiro, às 9h, no Departamento de Licitações, na Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura, na Casa da Cultura.

Segundo o prefeito, serão investidos R$ 261 mil, valor que poderá sofrer redução por deságio em virtude da disputa (por lances escritos e depois verbais) que ocorrerá entre as empresas especializadas que participação do certame.

O Monitoramento Eletrônico em todos os pontos de acesso ao perímetro urbano de Pedregulho faz parte do Plano de Governo da administração 2017-2020 e será operado em central a ser montada para a Guarda Civil Municipal – GCM.

O investimento de R$ 261 mil será de recursos próprios da Prefeitura e servirá para a compra de câmeras e todo sistema acessório para funcionamento da Central de Monitoramento, segundo consta do Edital do Pregão Presencial.

EQUIPAMENTOS

O item principal é composto das 10 câmeras que serão utilizadas para o monitoramento de toda a cidade (custo total de R$ 70,6 mil).

Serão 10 câmeras Speed Dome, Resolução Full HD (imagens com resolução de 1920 x 1080), com zoom óptico de 20 vezes e digital de 4 vezes IR de 150, além de nobreaks, computadores, monitores, cabos e outros equipamentos que completam a central.

24 HORAS DE MONITORAMENTO

Cada câmera terá um sistema individual de operação e gravação das imagens 24h por dia, com imagens coloridas no período diurno e em branco e preto à noite.

Cada uma das 10 câmeras também terá um gravador de vídeo individual em rede (R$ 35.6 mil) e cada uma terá seu próprio nobreak 700 VA com entrada Bivolt de 115-127-220 V e saída de 115 V (R$ 7.2 mil) para evitar interrupção de funcionamento em caso de queda de energia na cidade, além de 10 baterias de 12 volts (R$ 4.6 mil) para o funcionamento de cada uma das unidades.

Tudo terá uma Mesa Controladora para controle DVRs, NVRs e operação das 10 câmeras “speed domes” (R$ 3.7 mil), além de 10 TVs de LED, de 40 polegadas, resolução Full HD (R$ 23,5 mil).

A empresa vencedora do certame deverá arcar com todo custo de instalação e configuração que se fizer necessário, todo material usado deverá ser de primeira qualidade e ter certificação do Inmetro e o prazo de entrega será de 180 dias.