O prefeito de Pedregulho, Dirceu Polo Filho – Dirceuzinho – determinou na quarta-feira (22) o início da Operação Tapa-Buracos nas ruas mais críticas da cidade e acompanhou, nesta sexta-feira (24) pela manhã, o início dos serviços de recuperação da estrada vicinal Rodovia Antônio Giolo, que liga a Rodovia Cândido Portinari à Vila Residencial da Usina de Estreito.

“É apenas o início de um trabalho árduo que vai comprometer muitos recursos financeiros, mas não tinha mais como aguardar, pois a situação, tanto na rodovia quanto nas ruas da cidade estava calamitosa”, explicou o Prefeito.

A Rodovia Antônio Giolo, saindo da Rodovia Cândido Portinari serve a dezenas de propriedades rurais da região, passando por bairros rurais da Vila Primavera (antigo Chora Nenê) e Vila Barreira, chegando à Vila Residencial da Usina Engenheiro Luiz Carlos Barreto de Carvalho – Estreito.

“Tínhamos uma preocupação de que este serviço, embora emergencial, fosse iniciado já nesta semana, porque com o período de Carnaval, o tráfego de veículos deve aumentar a partir de hoje, em direção aos ranchos e chácaras ao longo da estrada”, acrescentou o prefeito Dirceuzinho.

Na quinta-feira a caravana de máquinas, caminhões e operários do setor de Obras e Serviços da Prefeitura percorreu as ruas do Bairro Santa Luzia e Nossa Senhora Aparecida, com a operação tapa-buracos.

A Prefeitura investiu recursos emergências para adquirir 800 toneladas de massa asfáltica destinada à recuperação de ruas e avenidas, além das estradas vicinais.

Foram adquiridas 800 toneladas de Concreto Betuminoso Usinado a quente ao custo unitário de R$ 259,50 num custo total de R$ 207.6 mil.

Também foram compradas 3.400 sacas de Concreto Asfáltico Usinado a Quente, Aplicação a Frio, fornecido em sacas de 25 kg.

Os preços do concreto asfáltico (este usado para a obras de tapa-buracos) são de R$ 15,74 por saca de 35 kg, somando um total de compra de R$ 53.516,00.

Complementando, foram comprados 1.000 litros de emulsão asfáltica, a R$ 3.38 por litro, num total de R$ 3.380,00.

O presidente da Câmara de Pedregulho, vereador Augustinho Alves da Silva – Gustinho Abílio, atendendo ao pedido do prefeito Dirceu Polo Filho – Dirceuzinho, convocou sessão os vereadores para a 2ª sessão extraordinária do ano, a ser realizada nesta quinta-feira (23/02) às 18h30 no Plenário “Divandir Dim Bernardes”.

No total 10 projetos de lei de autoria do Executivo foram relacionados na Pauta da convocação extraordinária, segundo o Presidente Gustinho Abílio.

Cinco dos 10 projetos serão destinados à autorização legislativa para que a Prefeitura repasse os recursos para creches e entidades de assistência que funcionam no Município.

Outro projeto trata da locação de imóveis pela Prefeitura para instalação de fábricas do Programa Municipal de Geração de Empregos.

Em outra proposta, o Prefeito Dirceuzinho pede autorização da Câmara para fazer o parcelamento de aluguéis de imóveis onde já estão instaladas fábricas de calçado, que o Governo deixou em atraso por alguns meses.

Dirceuzinho ainda pediu autorização legislativa para conceder apoio cultural à emissora comunitária de Pedregulho, a Sociedade FM.

Outro projeto bastante importante é o pedido de autorização legislativa para que a Prefeitura retome o pagamento do acordo “pró-labore” para oficiais e soldados da Polícia Militar, destacamento de Pedregulho.

A sessão desta quinta-feira será transmitida pela TV Câmara, que pode ser acessada pelo portal do Legislativo - Clique aqui ou diretamente no canal da Câmara no Youtube - Clique aqui.